INICIO > AVES DE RAPINA > O QUE SÃO AVES DE RAPINA?
 
Classificação e grupos
Ordem Strigiformes

O que são aves de rapina?

Texto de: Willian Menq
Atualizado em Maio de 2015


Harpia (Harpia harpyja).
Foto: Willian Menq

• Definição
As aves de rapina ("rapina" = raptar, aves que raptam) é um termo utilizado para caracterizar as aves carnívoras que apresentam determinadas adaptações para a caça ativa. No geral elas possuem o bico curvo e afiado, garras poderosas e fortes, além de uma excelente visão e audição. Pertencem ao grupo as águias, gaviões, falcões, corujas, abutres e urubus (ordens: Accipitriformes, Falconiformes, Cathartiformes e Strigiformes).

Com base nos dados existentes, existem pouco mais de 550 espécies de rapinantes no mundo, 340 só de espécies diurnas (gaviões, falcões e águias) e 212 só de corujas. Não há um número exato de espécies, pois alguns táxons são considerados espécies enquanto outros cientistas classificam os mesmos como subspécies. No Brasil, segundo o Comitê Brasileiro de Registros Ornitológicos (2014) e ICMBio (2014), ocorrem 96 espécies de aves de rapina, sendo 48 da Ordem Accipitriformes (águias e gaviões), 20 de Falconiformes (falcões), 22 Strigiformes (corujas) e 6 Cathartiformes (urubus) e, aliado aos outros países da região neotropical, concentra o maior número de espécies de rapinantes do mundo.

As aves de rapina são encontradas em praticamente todos os continentes e nos mais variados hábitats, desde as matas tropicais até nas montanhas mais elevadas. A variedade de formas e tamanhos é impressionante, havendo representantes com pouco mais de 50 g até águias imponentes com mais de 9 kg. No Brasil, ocorre uma das mais poderosas aves de rapina do mundo, o gavião-real (Harpia harpyja) também chamado de harpia. Com seus dois metros de envergadura e um metro de comprimento, caça animais como preguiças, macacos e até filhotes de veado. Vive na floresta amazônica e nos trechos mais preservados da Mata Atlântica.